Mapa de Diretrizes Estratégicas para RH

Em dedicação ao Dia do Profissional de RH que se comemora hoje, dia 3 de junho, disponibilizou com muito carinho o modelo Canvas que criei, e que se encaixa perfeitamente bem aos grupos e projetos de RH, principalmente no atual cenário de fixação da atuação estratégica desses profissionais.

Usada para identificar os principais componentes envolvendo o planejamento e identificação de iniciativas de melhorias, ela tem excelente aplicação, inclusive no RH, tendo como foco o desenvolvimento do setor nas empresas. De fácil visualização e entendimento, pode ser utilizada por grupos de forma colaborativa, potencializando sessões de geração de ideias (brainstorm) e fixação de post its das ideias individuais e coletivas.

Inspirado na necessidade de ampliação da visão estratégica, inovamos com um modelo de 10 elementos fundamentais:

Justificativa: listar os motivos geradores para a construção e proposição das ações direcionadas ao projeto.

Requisitos/ premissas: envolvem os requisitos preliminares que deverão nortear a construção do projeto, tais como códigos, normas e princípios da área e organização.

Áreas/ pessoas envolvidas:  são todos aqueles que podem contribuir tanto com as atividades chave, contribuindo com a realização direta ou indireta das propostas de valor.

Resultados esperados: aspectos definidos em termos de entregas esperadas a partir da concretização do projeto e objetivo alcançado.

Pontos criticos: são todas as iniciativas, pontos e aspectos chave, sem as quais não seria possível atender as propostas de valor, construir os canais necessários e manter os relacionamentos.

Responsáveis: principais indivíduos envolvidos no projeto e que deverão “prestar contas” em etapas pontuais ou ao longo do projeto.

Indicadores: dados e sinalizadores identificados como orientadores da mensuração dos resultados do projeto, alinhados aos definidos estrategicamente pela organização.

Prazo: definição temporal das entregas e datas norteadoras das etapas do projeto.

Quanto: que indica  o custo recorrente de infraestrutura,  equipes envolvidas, e assim demais relevantes e impactantes na realização do projeto.

Como se preparar (Prática deliberada): estímulo para o desenvolvimento dos profissionais envolvidos no projeto, buscando o aprimoramento e o preparo para a condução adequada do projeto.

 

Adaptado do Business Model Canvas de Alexander Osterwalder

Clique aqui e faça o downloadCanvas_Virginia_Gherard